Grupo Bradesco Seguros

Cresce em 33% o número de seguros para smartphones no País

Cresce em 33% o número de seguros para smartphones no País / Foto: Andrea Piacquadio / Pexels
Foto: Andrea Piacquadio / Pexels

Pesquisa aponta que, em 2021, 23% dos consumidores aderiram a planos de proteção para smartphones de R$ 1.500 a R$ 3.000; Já em 2022, o número saltou para 33%; Modelos super high-end, avaliados em mais de R$ 10 mil, tiveram mais procura

Levantamento feito pela Pitzi – startup de seguros pioneira no Brasil e referência no mercado, que já protegeu mais de 2 milhões de aparelhos – mostra que a contratação de seguros para celulares com preços elevados aumentou no Brasil.

Em 2021, 23% dos consumidores aderiram a planos de proteção para smartphones de até R$ 3 mil, já em 2022, o número saltou para 33%. No ano de 2020, o percentual era de 21%. O destaque, no entanto, vai para os produtos super high-end, avaliados em mais de R$ 10 mil, que não eram vendidos em 2019, e hoje, um em cada seis clientes optam por aderir a planos de proteção nessa categoria. A contratação de seguros para aparelhos intermediários, com valor de R$ 3 mil até R$ 6 mil, também aumentou. Nesse caso, subiu 12% em relação ao total de vendas no mesmo período.

O levantamento aponta que o principal tipo de proteção procurado é o de planos contra roubo e furtos, que tiveram o maior aumento durante os últimos três anos.

Ainda de acordo com a pesquisa, o comportamento do retail também reitera essa mudança. Em 2021, 70% da procura era por aparelhos de até R$ 1,5 mil e, 23%, de R$ 1,5 mil a R$ 3 mil, já em 2022, o mix passou a ser de 44% nas duas faixas de preço. Por sua vez, os modelos de ponta (que chegam a mais de R$ 10 mil) foram mais procurados nas plataformas de e-commerce. Nesse canal de vendas, 45% dos aparelhos comprados foram super high-ends nos últimos dois anos.

A Pitzi se consagra na área por revolucionar o setor de proteção e seguro para smartphones no país, trazendo novos produtos e iniciativas tanto para consumidores quanto para varejistas. No segundo caso, a startup se destaca justamente por gerenciar toda a parte de venda de celular, com trade-in em sistema de proteção de plataforma que possibilita a qualquer varejista alcançar as vendas de forma simples e diferenciada, incluindo o seguro dentro de sua oferta.

Atualmente, a marca reúne mais de 2 mil pontos de vendas de parceiros de renome, como Amazon, Mercado Livre, Schumann, Gazin, entre outros.

Total
0
Shares
Anterior
Lello cria divisão ‘corporate’ para auxiliar franquias na instalação de pontos comerciais pelo País
Lello cria divisão ‘corporate’ para auxiliar franquias na instalação de pontos comerciais pelo País / Foto: Alena Darmel / Pexels

Lello cria divisão ‘corporate’ para auxiliar franquias na instalação de pontos comerciais pelo País

Novo setor da imobiliária e administradora foi desenhado para atender às

Próximo
SLCAST destaca a cultura comercial da Hapvida através da comunicação interna
SLCAST destaca a cultura comercial da Hapvida através da comunicação interna / Reprodução

SLCAST destaca a cultura comercial da Hapvida através da comunicação interna

SLCAST recebeu Rafael Andrade, Vice-Presidente Comercial da Hapvida NDI

Veja também