Grupo Bradesco Seguros

O que é má oclusão dentária e como tratar esse problema?

Tudo sobre serviços financeiros, seguros e muito mais - Universo do Seguro
Reprodução

A condição bucal que se refere ao desalinhamento dos dentes está relacionada a uma má oclusão dentária. Esse fator, embora não seja tratado como um problema além de estético, precisa de medidas corretivas, pois é uma alteração que interfere diretamente no desempenho bucal.

Isso significa que quanto mais tortos os dentes ficarem, mais difícil será a mastigação. A questão também pode afetar a fala e as articulações, bem como interferir na respiração.

Por isso, é fundamental saber a importância de uma correção dentária e também as causas desse problema.

Veja como identificar sinais e possíveis causas da má oclusão dentária e entenda quais são os primeiros passos e o tratamento necessário para corrigir esse incômodo.

O que é oclusão dentária?

A oclusão se trata da maneira como os dentes são alinhados. Em condições adequadas, o normal é que o maxilar superior sobreponha a parte de baixo. Entretanto, essa diferença de espaçamento é bem pequena.

As condições em que o alinhamento dos dois maxilares está fora desse padrão, ou os próprios dentes se encontram tortos, são os casos de má oclusão. Diante dessa situação é importante buscar ajuda profissional para retornar a arcada dentária ao formato correto.

Quais os tipos de má oclusão dentária?

Existem 3 tipos de má oclusão dentária, diferenciadas por suas classes:

  • Classe 1: a má oclusão de classe 1 não é grave e é a mais comum dos 3 tipos. Nele, o alinhamento dos maxilares não se sobrepõem fazendo com que se encontrem.
  • Classe 2: nesta classe, a sobremordida se torna profunda e severa porque o maxilar superior tem um encaixe exagerado, fazendo com que os dentes inferiores sumam. Pessoas com oclusão típica nessa classe ficam com o queixo menor.
  • Classe 3: já neste tipo de oclusão acontece o oposto, a mandíbula inferior sobrepõe a superior fazendo com que o queixo pareça maior, causando a mordida cruzada.

Quais as causas da má oclusão?

As causas da má oclusão dentária podem variar de fatores genéticos para condições ocasionadas por alguns hábitos, como:

  • uso de chupeta após os 3 anos;
  • uso de mamadeira por muitos anos;
  • algumas lesões bucais;
  • chupar dedo;
  • tumores bucais;
  • cuidados bucais inapropriados;
  • mastigação feita incorretamente;
  • má formação do esqueleto da mandíbula durante o crescimento;
  • deslocamento do maxilar;
  • língua muito grande, sendo maior que a cavidade da boca;
  • bruxismo;
  • problemas na gengiva;
  • perda precoce dos dentes.

Quais os sintomas de má oclusão dentária?

Os sintomas vão variar de acordo com o tipo do problema. A má oclusão dentária de classe 1 é mais estética e pode ter poucos sintomas, enquanto os outros tipos podem causar dores e ainda afetar todo o funcionamento da boca.

Alguns dos sintomas mais sérios são:

  • dificuldade em falar;
  • desconforto ao mastigar;
  • maxilares que não se encaixam;
  • dores frequentes e sem causa no ouvido e cabeça;
  • dores nas articulações;
  • dentes sensíveis ou muito expostos;
  • desgaste dental;
  • interferência na respiração mudando para respiração por boca;
  • cáries;
  • perda dos dentes;
  • incômodo ao ingerir alimentos doces e gelados;
  • mudanças na aparência do rosto;
  • mordidas recorrentes na bochecha e na língua.

O que uma má oclusão pode causar?

Uma má oclusão dentária pode causar sérias consequências à saúde dos dentes se não for tratada.

Uma dessas consequências é o desgaste do esmalte dos dentes, que pode levar a outros problemas, como uma erosão dental. Além disso, os problemas na movimentação das articulações podem piorar, levando ao surgimento de condições como o bruxismo.

Mas, esses não são os únicos problemas, além das dores na própria boca, a má oclusão ainda causa desvios na coluna que podem prejudicar muito a locomoção a longo prazo. Assim como também afeta a rotina noturna e pode causar longos dias de enxaqueca.

Essa condição ainda interfere no desempenho de todo o maxilar, inclusive contribuindo com a perda dos dentes e, afetando diretamente a estética do rosto.

Como corrigir má oclusão?

Para corrigir uma má oclusão dentária é preciso intervir com diferentes tipos de tratamentos diante da gravidade da oclusão. Situações de classe 1 que precisam de um alinhamento mais simples, podem ser resolvidas com o aparelho dentário.

Os graus mais severos que já afetaram os dentes e o maxilar precisam de outras intervenções. Para fazer a correção é preciso alguns outros tratamentos como:

  • implante dentário no caso de perda de um ou mais dentes;
  • facetas dentárias para corrigir o formato e tamanho dos dentes em situações de palato estreito;
  • goteira oclusal para ajudar na melhora da articulação controlando casos de bruxismo;
  • coroas dentárias para melhorar casos de dentes com desgastes e lascas;
  • E a cirurgia para alinhar e corrigir todo o alinhamento bucal nos casos mais graves.

Qual médico consultar

O médico responsável por avaliar e diagnosticar a gravidade de uma má oclusão é o setor de ortodontia. Com esses profissionais é que são feitos os tratamentos específicos para corrigir essa modificação.

Porém, com consultas regulares ao próprio dentista já pode notar com exames físicos ou mais específicos sinais de má oclusão. Sendo assim, ele mesmo trata esse desalinhamento o mais rápido possível apenas com o aparelho dentário.

E isso com acompanhamento recorrente pode ser feito antes que a situação se agrave e provoque outros sintomas e problemas que podem levar até a cirurgias e próteses dentárias para ajudar a repor a estrutura bucal.

Não espere sintomas desconfortáveis para prevenir problemas bucais

Mesmo sem nenhum sintomas mais sério, qualquer mudança na forma de mastigar deve ser tratada como indício de má oclusão dentária. Por isso, a visita ao dentista é fundamental para avaliar e resolver antes que o problema se torne tardio.

No primeiro sinal de desconforto pergunte ao dentista, faça alguns exames e evite a evolução desse problema. Conheça os planos da Unimed Odonto e consulte um especialista a hora que desejar. Não espere precisar gastar com cirurgias de correção para ir em busca de um dentista, priorize a prevenção e tenha a saúde bucal sob controle.

Posts relacionados Língua dormente: o que é e quais as principais causas dessa condição? boca aberta com a língua para fora, simbolizando uma língua dormente

Uma língua dormente pode ser uma reação comum após um machucado na boca ou mesmo sinais do corpo quanto a Leia mais

Principais remédios caseiros para dor de dente ilustração de um dentinho com expressão triste e dor, precisando de ajuda e de remédios caseiros para dor de dente

A dor de dente é uma situação que afeta qualquer pessoa, independentemente da idade, e causa muito incômodo. A causa Leia mais

O post O que é má oclusão dentária e como tratar esse problema? apareceu primeiro em Blog da Seguros Unimed.

Via: Seguros Unimed

Total
0
Shares
Anterior
Qual a vacina da varíola e quais tipos ela previne?
Tudo sobre serviços financeiros, seguros e muito mais - Universo do Seguro

Qual a vacina da varíola e quais tipos ela previne?

A varíola é uma doença infecciosa grave que foi considerada erradicada na década

Próximo
Entidades ligadas ao diabetes defendem a oferta de análogos de insulina pelo SUS

Entidades ligadas ao diabetes defendem a oferta de análogos de insulina pelo SUS

Entidades que representam pacientes com diabetes relataram à Câmara dos

Veja também